Inicio prometedor não impede derrota em São Bernardo. A equipa sénior masculina que chegou ao intervalo a vencer por três golos, mas o cansaço físico na segunda parte, devido a semana atípica de treinos – COVID 19, levou a que a equipa se ressentisse fisicamente e baixasse o rendimento na segunda parte do jogo.

Eugénio Bartolomeu, coordenador técnico do Alavarium, que orientou a equipa sénior masculina no passado sábado, em São Bernardo, proferiu ao alavariumandebol.pt as seguintes palavras após o jogo:

“Atravessando a nossa equipa um momento de alguma limitação devido aos efeitos da Pandemia, desde logo com a ausência do nosso treinador principal, a preparação deste jogo Foi algo restringida. Mesmo com estas contrariedades, a equipa iniciou a partida em bom plano, liderando o marcador, em consequência de uma postura defensiva forte e coesa e por uma prestação ofensiva com acerto, gerindo cada ataque com critério e objetividade.
A vantagem no marcador chegou a cifar-se em 5 golos, a qual foi reduzida para 3, na sequência da reação e adaptação da equipa contrária às dificuldades que o Alavarium lhe ia impondo. Ao intervalo o resultado era-nos favorável por 10-13.
A segunda parte trouxe um cenário completamente diferente, o nosso adversário entrou melhor, com uma disposição defensiva que nos criou dificuldades no ataque e fez com que os nossos atletas ficassem algo intranquilos. Este cenário proporcionou a alteração na liderança no marcador, deu confiança à equipa contrária e, mesmo com alterações táticas, não foi possível voltar a equilibrar o resultado.
Pela excelente imagem deixada na primeira parte e com a recuperação e regressos pós pandemia, a nossa equipa demonstra que terá condições para voltar aos bons resultados.”