A partida com o Madeira SAD teve um cariz solidário para com o povo ucraniano, tendo o Alavarium angariado um total de 524 euros, verba que reverteu a favor da Associação de Apoio ao Imigrante.

“Juntos pela Ucrânia” foi o lema desta acção solidária, com os donativos dados pelos adeptos à entrada do pavilhão a serem entregues pelo presidente da Direcção Paulo Elísio e pela dirigente e responsável pela iniciativa, Teresa Rino, à representante da instituição aveirense, Tatyana Covalciuc.

Um apoio importante que vai servir para a Associação de Apoio ao Imigrante subsidiar as aulas de português a imigrantes, uma vez que os professores, segundo Teresa Rino, “colaboram em regime de voluntariado e recebem apenas despesas de deslocação”. A dirigente do Alavarium referiu que se tratou de
“uma acção de responsabilidade social que o clube fez questão de organizar”, promovendo também “a sensibilização de atletas, treinadores e pais”. Teresa Rino lembra ainda que o Alavarium “está receptivo a acolher jogadores refugiados”, que poderão ingressar no clube sem qualquer despesa.

Texto DIÁRIO de AVEIRO, edição de 29 de março, 2022